"A arte da música a serviço da arte de viver em paz"

Quem somos?

Sobre nós


O grupo “A Pedra Bruta” foi criado em outubro de 2012 por arte-educadores e músicos do ABC Paulista que já se conheciam e alimentavam a ideia de formar um grupo vocal e instrumental com o objetivo de cantar as boas coisas da vida através das mensagens de alegria e otimismo, nos moldes dos grandes grupos vocais internacionais e nacionais como The Mamas and the Papas, ABBA, Cuarteto Zupay, MPB4, Quarteto em Cy, Boca Livre, Os Cariocas, Demônios da Garoa, Roupa Nova, 14 Bis, entre outros.

O repertório é formado por composições próprias, músicas da MPB, canções latino-americanas e folclóricas do mundo, e também músicas conhecidas como “lado B”, que na época de ouro do vinil eram as canções que remetiam ao não comercial, ao alternativo.

O grupo tem participado de várias atividades profissionais e filantrópicas em diversos locais, tanto públicos quanto particulares.

Mas por que esse nome?


A pedra bruta é a pedra em seu aspecto natural, rude, e pode libertar-se da sua forma inicial através da lapidação de suas arestas. Esse trabalho de aperfeiçoamento não dilui a sua individualidade, ao contrário, além de modificar o seu formato, serve para poli-lo. A qualidade da lapidação não apenas é fundamental para determinar o valor da pedra, como dá brilho e beleza a ela.

Há pedras dos mais variados tipos e o trabalhar da matéria bruta também significa aprender a conjugar os diferentes tipos de materiais no verbo “construir”.

Do ponto de vista da pedologia (do grego pedon - solo, terra -, nome dado ao estudo dos solos no seu ambiente natural), pode ser comparada à “rocha mãe”, termo que designa a rocha bruta que serve de base para a transformação do solo que, por ação do tempo, vai se fragmentando em pedaços menores, modificando sua estrutura física, refinando e polindo, até que o pedaço do pedaço possa constituir um solo fértil onde germinem boas sementes.

A pedra bruta é o símbolo das imperfeições do espírito que cada ser deve procurar corrigir, não porque se menospreze, considerando-se indigno, mas porque ambiciona buscar sua elevação. Cada indivíduo deve lapidar a sua pedra, encontrar a sua própria essência e buscar o seu burilamento.

Numa superfície rugosa e áspera a luz é absorvida. Muitas pessoas ainda não refletem a Luz que recebem de Deus, mas ao polir as superfícies, tornando-as lisas, passam a refletir a luz que nela incide.

O que fazemos?

Projetos


A meta d'A Pedra Bruta é reviver a tradição vocal dos grupos do passado, visto que hoje não são tão comuns, e também incentivar o contato com a arte, o desenvolvimento da sensibilidade e do gosto pela arte, utilizando a música como principal instrumento.

Cantamos algumas canções pouco conhecidas, outras esquecidas, as que fizeram sucesso no passado, algumas atuais, folclóricas, reflexivas, que remetem à recordação, conscientização e renovação de bons momentos.

Estes são nossos projetos:

Lapidando

Através deste show, visamos resgatar músicas de boa qualidade, atingindo todas as faixas etárias. Escolhemos canções sobre natureza, amor ao próximo, crítica social, raiz, entre outros temas, para despertar no público não só emoções, mas conscientização.

Pindorama: Redescobrindo o Brasil

O show Pindorama ainda está em desenvolvimento e terá um formato parecido com o Lapidando. As músicas ainda estão sendo selecionadas, mas já adiantamos que não serão somente músicas brasileiras, escolheremos também canções das diversas culturas que influenciaram na nossa história.

Entre em contato


Gostou do nosso trabalho? Isso é ótimo! Contate-nos e retornaremos o mais breve possível!
Agradecemos a visita.

11 98688 3589